CURRÍCULO INTEGRADO E ENSINO DE HISTÓRIA NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE (IFRN)

Perspectivas para a formação integral do sujeito

Palavras-chave: Ensino Médio Integrado, Ensino de História, Politecnia, Contra-hegemonia

Resumo

Em 2004, o Decreto Nº 5.154 extinguiu a separação entre a formação geral e a profissional estabelecida, em 1997, pelo Decreto Nº 2.208. Com isso, foi criada a forma Integrada no Ensino Médio ofertado nas instituições de Educação Profissional e Tecnológica (EPT), com o intuito de articular esferas da educação brasileira que historicamente estiveram isoladas. Nesse artigo, discutimos acerca dos objetivos do Ensino Médio Integrado (EMI) e damos ênfase à importância do ensino de História nos cursos técnicos, considerando-o como um meio para alcançar uma proposta pedagógica contra-hegemônica. A metodologia teve caráter bibliográfico, haja vista que consultamos obras que tratam do EMI, do ensino de História. Ademais, usamos documentos produzidos pelo IFRN, instituição que utilizamos para a investigação. Constatamos nos documentos, o compromisso dessa instituição com a formação integral e politécnica. Cabe investigar se na prática cotidiana esses princípios têm sido observados.

Biografia do Autor

{$author}, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), com pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atua como professor da educação básica, técnica e tecnológica do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), no Campus de Mossoró, onde integra o quadro docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (IFRN/UERN/UFERSA), do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (Mestrado Profissional em Rede Nacional, Polo IFRN/Mossoró) e do Programa de Pós-graduação em Educação (IFRN). É líder do Grupo de Estudos em Ensino e Práticas Educativas (GENPE/IFRN).

{$author}, Secretaria Municipal de Educação de Mossoró/RN (SEMEd/Mossoró), Brasil

Mestra em Educação Profissional e Tecnológica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRJ). Atua como professora na Secretaria Municipal de Educação de Mossoró/RN, onde Integra o Comitê de Planejamento Curricular do Componente História.

Referências

BEMVINDO, V. A concepção socialista de educação politécnica: contribuições dos socialistas utópicos, libertários e científicos. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, v. 16, n. 70, p. 138-162, dez. 2016.

BITTENCOURT, C. M. Ensino de História: fundamentos e métodos. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

BITTENCOURT, C. M. Capitalismo e cidadania nas atuais propostas curriculares de História. In. BITTENCOURT, C. M. (Org.) O saber histórico em sala de aula. 12. ed. São Paulo: Contexto, 2013. p. 11-27.

BRASIL. Decreto Nº 2.208, de 17 de abril de 1997. Regulamenta o § 2 º do art. 36 e os arts. 39 a 42 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1997. Disponível em: https://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/109922/decreto-2208-97 . Acesso em 23/04/2020.

BRASIL. Decreto Nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. Brasília, DF, 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5154.htm . Acesso em: 23/04/2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências Humanas e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006. V. 3.

BRASIL. Presidência da República. Lei Nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008.

Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, DF, 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11892.htm . Acesso em: 23/04/2020.

CAIRES, V. G.; OLIVEIRA, M. A. M. Educação Profissional no Brasil: da Colônia ao PNE 2014-2024. Petrópolis: Vozes, 2016.

CIAVATTA, M. A formação integrada: a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. (Org.). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 83-106.

CIAVATTA, M. Formação integrada: caminhos para a construção de uma escola para os que vivem do trabalho. In: GREGÓRIO, A. N. C.; GARCIA, S. R. O. (Org.). O ensino médio integrado à educação profissional: concepções e construções a partir da implantação na rede pública estadual do Paraná. Curitiba: SEED, 2008, v. 1, p. 77-90.

CIAVATTA, M.; FRIGOTTO, G. Educar o trabalhador cidadão produtivo ou o ser humano emancipado? Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 45-60, 2003.

CIAVATTA, M. Emancipação: a historicidade do conceito e a polêmica no processo real da existência humana. Trabalho Necessário, Niterói, v. 12, n. 18, p. 74-97, 2014.

DANTAS, A. R. P.; SOUZA, F. C. S. História local e formação da consciência histórica na educação básica. In: NUNES, A. O.; SOUZA, F. C. S.; PONTES, V. M. A. Ensino na educação básica. V. 2. Natal: Editora IFRN, 2019. p. 242-265.

FARIAS, R. A.; RAMOS, M. N. Currículo integrado no chão da escola: concepções em disputa na sua materialidade. RTPS – Revista Trabalho, Política e Sociedade, Rio de Janeiro, v. 4, n, 6, p. 21-32, Jan.-Jun. 2019.

FRIGOTTO, G. Educação e trabalho: bases para debater a educação emancipadora. Perspectiva, Florianópolis, EdUFSC, v. 19, n. 1, p.71-87, jan./jun., 2001.

FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. A gênese do Decreto n. 5.154/2004: um debate no contexto controverso da democracia restrita. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. (Org.). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 21-56.

GUIMARÃES, S. Caminhos da História ensinada. 13. ed. Campinas: Papirus, 2012.

IFRN. Projeto Político-Pedagógico do IFRN: uma construção coletiva. Natal, 2012a.

IFRN. Proposta de trabalho das disciplinas nos Cursos Técnicos de Nível Médio Regular e na modalidade EJA. Natal, 2012b. p. 168-196. Disponível em: https://portal.ifrn.edu.br/ifrn/institucional/projeto-politico-pedagogico-1/lateral/menu-1/ptdem . Acesso em: 15 mar. 2020.

KUENZER, A. Primeira Parte. In: KUENZER, A. (Org.) Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2009. p. 25-90.

MOURA, D. H. Educação básica e educação profissional e tecnológica: dualidade histórica e perspectivas de integração. Holos, Natal, v. 2, n. 23, p. 4-30, 2007.

RAMOS, M. Possibilidades e desafios na organização do currículo integrado. In: FRIGOTTO, G.; CIAVATTA, M.; RAMOS, M. N. (Org.). Ensino Médio Integrado: concepção e contradições. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 106-127.

RAMOS, M. Concepção de ensino médio integrado. Natal, 2007. Disponível em: http://forumeja.org.br/go/sites/forumeja.org.br.go/files/concepcao_do_ensino_medio_integrado5.pdf. Acesso em: 20 fev. 2020.

RODRIGUES, J. Educação politécnica. In: PEREIRA, I. B.; LIMA, J. C. F. (Org.). Dicionário da Educação Profissional em Saúde. 2. ed. Rio de Janeiro: EPSJV, 2008. p. 168-175.

SAVIANI, D. Trabalho e educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 34, p. 152-180, jan./abr. 2007.

SAVIANI, D. Teorias pedagógicas contra-hegemônicas no Brasil. Ideação, Foz do Iguaçu, v. 10, n. 2, p. 11-28, 2008.

SOUZA, F. L.; SOUZA, F. C. S. Um (des)humano na engrenagem: Ciências Humanas e formação para o trabalho. Natal: Editora IFRN, 2019.

SOUZA Jr., H. P. Divisão social do trabalho. In: OLIVEIRA, D. A.; DUARTE, A. M. C.; VIEIRA, L. M. F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. Disponível em: https://www.gestrado.net.br/pdf/238.pdf . Acesso em: 23 abr. 2020.
Publicado
06-07-2020
Como Citar
SOUZA, F.; DANTAS, A. CURRÍCULO INTEGRADO E ENSINO DE HISTÓRIA NO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOOLOGIA DO RIO GRANDE DO NORTE (IFRN). RTPS - REVISTA TRABALHO, POLÍTICA E SOCIEDADE, v. 5, n. 8, p. p. 297-311,   .