A EXPANSÃO DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E OS DESAFIOS DO FINANCIAMENTO (2013-2018)

Palavras-chave: Expansão do Ensino Superior, Financiamento, Rede Federal de Educação Tecnológica, Aplicação de Recursos Públicos, Educação Profissional

Resumo

O artigo discute o processo de expansão da educação superior e do financiamento nas instituições integrantes da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e de seus desafios em decorrência de limitações de recursos financeiros. A análise foi desenvolvida com base em documentos oficiais, em especial os relatórios de execução orçamentária do governo federal (período de 2013 a 2018) e o Censo da Educação Superior (2008; 2013 e 2018). O artigo aponta que os Institutos e Centros Federais de Educação Profissional e Tecnológica tiveram significativa expansão de matrículas na educação superior, entretanto, de 2013 a 2018, o financiamento de despesas de custeio e de investimentos sofreram cortes relevantes que condicionam a contratação de pessoal e a manutenção e funcionamento destas instituições. Tais cortes ampliaram-se em decorrência da Emenda Constitucional nº 95/2016.

Biografia do Autor

João Ribeiro dos Santos Filho, Tribunal de Contas da União (TCU), Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Bacharel em Direito pela Faculdade do Pará e Tecnólogo em Gestão Pública pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), licenciado em Matemática pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Atua como Auditor Federal de Controle Externo no Tribunal de Contas da União (TCU). Integra a rede de pesquisadores UNIVERSITAS/Br e o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação Superior (GEPES/UFPA).

Vera Lúcia Jacob Chaves, Universidade Federal do Pará (UFPA), Brasil

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais, com Pós-doutorado em Educação pela Universidade de Lisboa e Pós-Doutorado em Políticas Públicas e Formação Humana pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Atua como professora Titular da Universidade Federal do Pará (UFPA), onde integra o quadro docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação, exercendo a função de Coordenadora. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação Superior (GEPES/UFPA), desenvolve pesquisas na área de Políticas Públicas, com ênfase em Educação Superior. É vice-coordenadora do GT-11 Política de Educação Superior da ANPEd, integra a rede de pesquisadores Universitas/BR, o Fórum de Gestores de Ensino Superior (FORGES) e a REDESTRADO. É bolsista produtividade do CNPq, nível 1-D.

Referências

BRASIL. Decreto nº 2.208, de 17 de abril de 1997. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 42 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1997a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d2208.htm . Acesso em: 21/02/2020.

BRASIL. Decreto nº 5.154, de 23 de julho de 2004. Regulamenta o § 2º do art. 36 e os arts. 39 a 41 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, e dá outras providências. Brasília, DF, 2004. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Decreto/D5154.htm . Acesso em: 20/02/2020.

BRASIL. Decreto nº 6.302, de 12 de dezembro de 2007. Institui o Programa Brasil Profissionalizado. Brasília, DF, 2007. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6302.htm . Acesso em: 01/08/2017.

BRASIL. Decreto nº 7.589, de 26 de outubro de 2011. Institui a Rede e-Tec Brasil. Brasília, DF, 2011b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Decreto/D7589.htm . Acesso em: 22/02/2020.

BRASIL. Emenda Constitucional nº 95, de 15 de dezembro de 2016. Altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal, e dá outras providências. Brasília, DF, DOU de 15.12.2016, Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/Emendas/Emc/emc95.htm Acesso em: 20/02/2020.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Censo da Educação Superior (2008; 2013; 2018). Disponíveis em http://portal.inep.gov.br/censo-da-educacao-superior . Acesso em 20/02/2020.

BRASIL. Lei 12.513, de 26 de outubro de 2011. Institui o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). Brasília, DF, 2011ª. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12513.htm. Acesso em: 21/02/2020.

BRASIL. Lei nº 11.195, de 18 de novembro de 2005. Dá nova redação ao § 5o do art. 3o da Lei no 8.948, de 8 de dezembro de 1994. Brasília, DF, 2005. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11195.htm. Acesso em: 01/08/2017

BRASIL. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília, DF, 2008. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm. Acesso em 21/02/2020.

BRASIL. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Brasília, DF, 2014b. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm. Acesso em: 21/02/2020.

BRASIL. Lei nº 8.948, de 08 de dezembro de 1994. Dispõe sobre a instituição do Sistema Nacional de Educação Tecnológica e dá outras providências. Brasília, DF, 1994. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8948.htm. Acesso em: 21/02/2020.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996a. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 20/02/2020.

BRASIL. Lei no 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1° e 2º graus, e dá outras providências. Brasília, DF, DOU de 12.8.1971. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5692.htm . Acesso em 21/02/2020.

BRASIL. Lei no 6.545, de 30 de junho de 1978. Dispõe sobre a transformação das Escolas Técnicas Federais de Minas Gerais, do Paraná e Celso Suckow da Fonseca em Centros Federais de Educação Tecnológica e dá outras providências. Brasília, DF, DOU de 04.7.1978. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L6545.htm. Acesso em 21/02/2020.

BRASIL. Lei Orçamentária Anual. Relatórios de Execução Orçamentária da União (2013 a 2018). Disponíveis em https://www2.camara.leg.br/orcamento-da-uniao/leis-orcamentarias/loa. Acesso em 20 fev 2020.

BRASIL. Manual Técnico de Orçamento MTO 2017. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, Secretaria de Orçamento Federal. Brasília, 2017

BRASIL. MEC. "É a maior revolução na área de ensino no país dos últimos 20 anos", diz ministro. Brasília (DF): MEC, 2020. Disponível em http://portal.mec.gov.br/component/tags/tag/52641 , acesso em 21/02/2020.

BRASIL. MEC. O Plano de Desenvolvimento da Educação: razões, princípios e programas (PDE). Brasília, DF, 2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/livro/livro.pdf>. Acesso em: 21/02/2020.

BRASIL. MEC. Portaria MEC nº 1.005, de 10 de setembro de 1997. Implementa o Programa de Reforma da Educação Profissional (PROEP). Brasília, DF, 1997b. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/PMEC1005_97.pdf>. Acesso em: 01/07/2017.

BRASIL. MEC. PORTAL DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA. Expansão da Rede Federal. Brasília (DF): 21 de Setembro de 2018. Disponível em: http://redefederal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal , acesso em 19/05/2020.

MARTINS, Ricardo Chaves de Rezende (coordenador); SANTOS, Aldenise Ferreira dos [et al.]. Financiamento da educação superior no Brasil: impasses e perspectivas. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2018 (Relator Alex Canziani) – (Série estudos estratégicos; n. 11 e-book).

OTRANTO, Celia Regina. A política de educação profissional do governo lula: novos caminhos da educação superior. In: Reunião Anual da Anped. 34, 2011, Natal - RN. Anais eletrônicos. Caxambu, 2010. Disponível em: http://34reuniao.ANPED.org.br/images/trabalhos/GT11/GT11-315%20int.pdf , acesso em 20/05/2020

OTRANTO, Celia Regina. Criação e implantação dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia – IFETS. In: Revista Retta, Ano I, nº1, jan-jun 2010, p. 89-110.

OTRANTO, Celia Regina. Institutos Federais de educação, Ciência e Tecnologia: novo lócus de formação de docente no Brasil. In: SILVA JÚNIOR, João dos Reis; SOUZA, José Vieira de; AZEVEDO, Mário Luiz Neves de; CHAVES, Vera Lúcia Jacob. Educação superior: Internacionalização, mercantilização e repercussões em um campo de disputas. Belo Horizonte, MG: Fino Traço, 2015.

VEIGA, Célia Cristina Pereira da Silva. Determinantes sócio-históricos das mudanças recentes na gestão da educação profissional tecnológica no Brasil. Nova Iguaçu(RJ); Seropédica (RJ): 2020. 374 Fls. Tese [Doutorado em Educação] – Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).
Publicado
25-09-2020
Como Citar
SANTOS FILHO, J.; CHAVES, V. A EXPANSÃO DA REDE FEDERAL DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E OS DESAFIOS DO FINANCIAMENTO (2013-2018). RTPS - REVISTA TRABALHO, POLÍTICA E SOCIEDADE, v. 5, n. 8, p. p. 33-50,   .