Reverberações da cibercultura nos processos formativos de professores de Ciências e Biologia

  • Denise Moura Guerra UFBA
  • Ana Verena Magalhães Madeira UFBA
Palavras-chave: Formação de professores. Cibercultura. Comunidade de aprendizagens colaborativas. PIBID. Residência Pedagógica.

Resumo

A internet, compreendida como fenômeno cultural, está associada a novas formas de relação com os saberes, sobretudo pelo compartilhamento de ideias. Para além das técnicas, a chamada Cibercultura configura-se como práticas, atitudes, modos de pensamento e valores que se desenvolvem com o crescimento do ciberespaço. Neste estudo, buscamos refletir sobre as reverberações da cultura cibernética nos processos formativos de professores nos Programas de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) e Residência Pedagógica (RP), subprojetos Ciências Naturais e Biologia, de uma Universidade pública brasileira. Estes espaçostempos formativos vêm se constituindo como grupos de comunidades de aprendizagens colaborativas. Articula-se neste estudo essa experiência de trabalho grupal - campo de interconexões e entrecruzamento de diferentes níveis (individual, institucional e social) - ao princípio da conexão em rede e à noção de inteligência coletiva. Associa-se também o uso de tecnologias digitais como dispositivos que favorecem a interatividade, a democratização e novos estilos de aprendizagem nos processos de formação de professores.

Publicado
19-12-2019