• QUESTÕES ATUAIS DA PROFISSÃO DOCENTE: formação, carreira e condições de trabalho
    v. 2 n. 3 (2020)

    O terceiro número de FORMAÇÃO em Movimento, traz o Dossiê temático " Questões atuais da profissão docente: formação, carreira e condições de trabalho", organizado pelas professoras Alejandra Birgin e Dalila Andrade Oliveira, com 10 artigos que ampliam o debate sobre a profissão do magistério, com foco na formação e valorização dos profissionais da educação, sua carreira e condições de trabalho.

    O dossiê apresenta aspectos importantes da profissão, carreira e trabalho docente em diversos países sul-americanos como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai, além dos países ibéricos, Espanha e Portugal. Acreditamos que este dossiê traz importantes contribuições ao debate sobre a descaracterização da formação de professores, em curso no país, sobre os ataques à educação pública e ao magistério, um fenômeno que se dissemina em diversos países sob a égide do neoliberalismo impondo de forma acelerada processos de privatização, mercantilização, padronização e controle.

  • Dossiê temático: Formação do Magistério da Educação Básica nas Universidades Brasileiras: institucionalização e materialização da Resolução CNE/CP n° 02/2015.
    v. 1 n. 2 (2019)

    O segundo número de FORMAÇÃO em Movimento, traz o Dossiê temático "Formação do Magistério da Educação Básica nas Universidades Brasileiras: institucionalização e materialização da Resolução CNE/CP n° 02/2015", organizado por Luiz Fernandes Dourado e MalvinaTuttman, com 15 textos de diferentes Universidades brasileiras que relatam o processo de construção dos projetos institucionais de formação à luz da Resolução CNE/CP 02/2015. O dossiê constitui um importante instrumento de resistência ä descaracterização da formação de professores no Brasil.

    Na sessão Entidades temos  duas contribuições do FORUMDIR. A primeira é um estudo preliminar sobre  o processo de implementação da Resolução 02/2015 nas Universidades públicas brasileiras. A outra participação traz relato do Encontro do Forundir da região Norte. FORMAÇÃO em Movimento reserva um espaço   permanente aberto aos fóruns nacionais ligados à formação dos profissionais da educação. 

    Este segundo número traz ainda na sessão Documento, a Nota das entidades nacionais em defesa da resolução 02/2015. Contra a descaracterização da formação de professores. 

    Na sessão Opinião publicamos texto da professora Celi Taffarel em resposta a manifestações do conselheiro Mazart Neves. 

    Boa leitura!

  • ANFOPE - Quatro Décadas de Resistência
    v. 1 n. 1 (2019)

    O primeiro número de FORMAÇÃO em Movimento, traz o dossiê ANFOPE: Quatro décadas de lutas e resistência, no qual cinco ex-presidentes da entidade apresentam o percurso histórico da ANFOPE, desde os anos 1980, e tecem análises sobre a construção da base comum nacional e os desafios postos hoje para a formação de professores no Brasil.

    Este primeiro número traz ainda a republicação de artigo da prof. Iria Brzezinski, sobre a Carta de Goiania, abrindo a sessão Memória e a Resenha de livro da prof. Nilda Alves sobre memórias e processos didáticos e curriculares, ambas ex-presidentas da entidade.

    Na sessão Entidades temos a palavra dos presidentes de três fóruns nacionais ligados à formação dos profissionais da educação e parceiras da ANFOPE - FORUMDIR, FORPARFOR e FORPIBID RP, que terão espaço permanente em FORMAÇÃO em Movimento.

    Na sessão Documento, republicamos o “Plano de Lutas da Conape 2018”, que norteia as ações do Forum Nacional Popular de Educação (FNPE), composto por 35 entidades dentre as quais a ANFOPE.  A revista traz ainda breve nota sobre as contribuições da ANFOPE e uma Opinião, um espaço aberto para o debate.